Mais Lidos
Carregando...

Envie sua dúvida ou sugestão para novos posts


Você tem alguma dúvida ou sugestão de post para o blog? Envie para o Projeto Austrália usando os comentários aí embaixo que a gente responde e, com a sua autorização, publica como post aqui no blog! :)

23 comentários. Clique para comentar.

  1. Olá Wagner, tudo bem? Tenho feito muitas pesquisas sobre imigracao do Canadá, mais o processo de lá tem ficado muito complicado e por isso comecei pesquisas sobre a Austrália. Meu marido é analista programador com 10 anos de experiência e no Canadá existe universidades autorizadas pelo governo que validam o diploma para poder trabalhar ou continuar os estudos lá. E aí na Austrália como validam o diploma? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Claudia!

      Não conheço em detalhes o passo-a-passo do processo de imigração qualificada do Canadá, mas pelo que ouvi de amigos que estavam em situação semelhante a de vocês (pesquisando sobre Canadá, Austrália e outros países), acredito que o processo do Canadá (chamado Express Entry) seja um dos menos burocráticos, e certamente mais acessível do que o da Austrália (SkillSelect).

      Recentemente, vários artigos apareceram na mídia falando sobre a grande necessidade do Canadá em atrair profissionais, especialmente na nossa área de TI, então acredito ser mais um motivo pelo qual o processo de imigração para o Canadá seja menos árduo do que o da Austrália. Por outro lado, o Canadá tem um grande fator negativo quando comparado à Austrália: o clima.

      Sobre a validação do diploma na Austrália, funciona da seguinte forma: cada área de atuação (TI, Engenharia, Enfermagem, etc) tem um órgão próprio, reconhecido pelo governo Australiano, que faz o reconhecimento não só do diploma mas também da experiência profissional dos interessados na imigração qualificada. Assim, dependendo da sua área de atuação, você precisa obter a aprovação/reconhecimento das suas skills pelo órgão competente, pois esse reconhecimento é um dos requisitos obrigatórios para conseguir um dos vistos de residência permanente.

      No site da imigração tem o passo a passo explicado direitinho: https://www.border.gov.au/Busi/Empl/skillselect e os detalhes específicos sobre cada visto disponível como parte do programa de imigração SkillSelect, que são:
      - Business Talent (Permanent) visa (subclass 132)
      - Business Innovation and Investment (Provisional) visa (subclass 188)
      - Skilled Independent visa (subclass 189)
      - Skilled - Nominated visa (subclass 190)
      - Skilled - Nominated or Sponsored (Provisional) visa (subclass 489).

      E estes outros 3 tipos de visto que podem ser pedidos a partir do convite ou oferta formal de emprego de algumas empresas Australianas:
      - Temporary Work (Skilled) visa (subclass 457)
      - Employer Nomination Scheme visa (subclass 186)
      - Regional Sponsored Migration Scheme visa (subclass 187)

      Espero ter ajudado com sua dúvida e obrigado pela visita e pelo comentário :)

      Wagner

      Excluir
  2. Olá Wagner, Tranquilo? Fiz varias pesquisas a respeito de trabalho Full Time e Contractor na Australia, porem ainda fica a duvida em questões de valores, impostos e outros descontos em si. Como funciona cada uma? Como posso calcular para saber qual dos 2 valem a pena (ex: Brasil para passar de CLT para PJ o valor deve ser em media 80% a mais)? Voce pode descrever melhor como funciona cada um e comparar? Valeu por me adicionar no linkedin. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giorgio,

      Em termos de retenção de impostos e benefícios, a comparação CLT vs PJ no Brasil não é tão diferente de Fulltime vs Contractor na Austrália, no sentido de que, como Contractor (seja você mesmo um Sole Trader ou tendo uma agência de Professional Services que faça teu placement em um cliente) não há benefícios formais como férias remuneradas e outras licenças, alguns impostos a mais incidem sobre você e precisam ser coletados na fonte. Como Fulltime, os impostos também são coletados na fonte, porém você conta com maior estabilidade, benefícios e outros extras que as empresas dão.

      A forma mais fácil de ser Contractor é através das agências de recrutamento (por exemplo, Peoplebank, Paxus, Progressive, Robert Walters, etc), onde você se torna um funcionário da agência em si (seu contrato é diretamente com eles) e eles então passam tua alocação para o cliente. Dessa forma, é a agência quem vai te pagar, e não o cliente diretamente.

      Sobre os valores praticados, é fato que Contractors tem um salário gross/net geralmente 20-30% maior do que funcionários Fulltime da mesma posição. Esta diferença geralmente é justificada pelo fato dos Contractors não terem a mesma estabilidade e por terem timeframes de contrato pré-definidos (em IT, a maioria dos contratos é de 6 meses, mas também é be, comum ter extensões de contratos).

      Para ter uma idéia melhor de valores, dê uma olhada nesse site http://paycalculator.com.au/ que já faz o cálculo de impostos e outras deduções tanto para Fulltime quanto para Contractor.

      Um abraço e obrigado pelo comentário!

      Wagner.

      Excluir
  3. Olá Wagner, td bem?

    Se não se importar gostaria que me respondesse 3 perguntas quando tiver um tempinho por favor.

    - Eu tenho um curso superior no Brasil de 2,5 anos, sou Tecnologo de formação, em java tenho quase 6 anos, acha que terei alguma dificuldade por ter este curso? Conseguiria contra-balancear com os anos de experiencia ?

    - Estou a ponderar fazer o processo com um agente porque não estou muito interado disto e tenho receio que eu esbarre em qq coisa por causa do meu curso. O que vc acha?

    - Me disseram que eu posso iniciar o processo sem ter o IETLS, sabe me dizer em que altura é que terei que apresentar o IETLS e que exatamente posso dar início sem IELTS?

    Muito obrigado,

    Bom trabalho aqui no Blog,

    Keep it moving!
    Flávio Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Flávio,

      Vou responder suas perguntas na mesma ordem:

      1. O requisito de educação e de experiência profissional são duas coisas diferentes aos olhos da Australia Computer Society (ACS), que é o órgão que faz o reconhecimento da profissão de imigrantes que buscam o visto de Residência Permanente (189) via SkillSelect. O requisito de educação diz que o candidato ao visto precisa ter nível superior para poder iniciar o processo de reconhecimento da profissão, de acordo com o site da ACS https://www.acs.org.au/. Neste link tem o checklist completo da documentação exigida por eles: https://www.acs.org.au/__data/assets/pdf_file/0005/17636/Application-Checklist.pdf.

      2. Sempre que me fazem esta pergunta, eu recomendo sempre tentar fazer o processo todo por conta própria por dois motivos simples: (1) os custos do agente de imigração são altos e (2) todo o processo está disponível no site da ACS e no site do Departamento de Imigração, completamente grátis. Eu mesmo fiz todo o meu processo sem agentes e deu tudo certo, por isso digo que é sim possível e recomendo.

      3. Sim, você pode iniciar o processo sem ter feito o IELTS, pois quando o SkillSelect foi introduzido, uma etapa adicional chamada “Expression of Interest” (EOI, ou Expressão de Interesse) foi introduzida como novo passo inicial no processo e você pode preencher e enviar sua EOI sem ter feito IELTS e sem precisar anexar nenhum documento. Ao enviar a sua EOI, ela será avaliada e dependendo da pontuação que você atingir no sistema deles, você poderá receber então um convite para iniciar a aplicação para o visto, e é nesse momento que você precisará anexar a documentação toda no sistema, incluindo o certificado do IELTS.

      Espero ter ajudado e caso você tenha mais dúvidas, é só postar aqui.

      Um abraço,
      Wagner.

      Excluir
  4. Olá Wagner,
    Temos as mesmas dúvidas que o Flávio fez acima, e gostaria de te pedir um post de tudo que você sabe do processo atual de residente permanente. Se você conhece alguém que fez este novo processo sem ajuda de agência e como seria um bom exemplo de "carta de interesse". Temos pesquisado bastante porém achei esse processo um pouco complicado...
    Muito obrigada por todas as informações do blog!!!
    Att,
    Dilene.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dilene!

      Acabei de responder o comentário do Flávio acima, então caso você tenha outras dúvidas relacionadas, é só postar aqui.

      Sobre o processo atual de aplicação para a Residência Permanente, eu já comecei um post novo com o passo-a-passo de como fazer a Expression of Interest, inclusive com screenshots onde vou detalhar esta etapa e dar algumas dicas. Se você quiser ser notificada quando o novo post for ao ar, é só dar um "curtir" lá na nossa página do Facebook (https://www.facebook.com/projetoaustralia) que eu marco você quando o post sair.

      Um abraço,
      Wagner

      Excluir
    2. Obrigada Wagner!! Já estou te seguindo no face!!
      Abraços

      Excluir
  5. Olá Wagner, meu nome é Wellington, faço Tecnologia em Analise e desenvolvimento de Sistemas e também estudo na High Tech - Fabrica do programador, gostaria de saber com quando tempo para tentar um estágio ai na Austrália e se possível morar ai..

    Desde já agradeço..
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Wellington,

      Tentar um estágio na Austrália vai depender inicialmente da forma como você pretende ir para lá. Você pode tentar um intercâmbio ou uma bolsa de estudos aí no Brasil ou mesmo tentar programas como o Ciência sem Fronteiras. Por outro lado, se você pensa em ir estudar na Austrália, você pode procurar uma agência de intercâmbio e se informar mais sobre as opções.

      Abraço,
      Wagner.

      Excluir
  6. Olá Wagner, entrei em contato com você pelo linkedin e agora estou postando aqui minhas dúvidas!

    Trabalho com desenvolvimento JEE há 10 anos, tendo atuado nos últimos 3 anos como engenheiro de software e líder técnico.

    1. Gostaria de saber como está a média salarial em Sydney ou Melbourne para desenvolvedores java sênior, pois estou ciente de que para conseguir uma vaga como engenheiro de software ou líder técnico precisaria melhorar meu inglês.

    2. Vou me formar no final deste ano, portanto estes 10 anos de experiência são pré-diploma. Como faço para validar esse tempo de trabalho junto à ACS? Preciso ter o diploma em mãos para aplicar para a validação? Li que para validar o diploma, são utilizados 2 anos de experiência (antes ou depois da data do diploma), certo, este requisito eu vou ter, porém a experiência nos 8 anos anteriores? Como posso fazer para comprovar experiência e conseguir os pontos por experiência qualificada no visto 189 (Independent Visa)?

    3. Qual a tua percepção para a área de TI nos próximos anos na Austrália? Acredita que vai continuar com forte demanda?

    Muito obrigado e um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guilherme,

      Obrigado pela mensagem no LinkedIn. Vamos às tuas perguntas:

      1. Algumas semanas atrás, eu postei aqui no blog sobre os Salários de TI na Austrália, mostrando as médias saláriais de várias posições em TI divulgadas por uma pesquisa da Robert Walters, que é uma das maiores agências de recrutamento aqui de Sydney, então você pode ter uma base olhando esta lista. Conversando com outros amigos que também atuam em TI aqui em Sydney, a verdade é que em muitos casos a média que o mercado paga é até um pouco acima do que está na pesquisa.

      2. Em situações como a sua, a ACS tem um processo chamado RPL (Recognition of Prior Learning, mais info neste link), que é um documento que você precisa redigir contando todos os detalhes sobre a experiência profissional que você adquiriu antes de se formar. Após fazer um RPL, você pode solicitar um Skills Assessment normalmente para a ACS e, após a análise, eles podem (ou não) fazer o reconhecimento da sua profissão e te dar a carta que você vai usar para o pedido do visto de residência permanente (189).

      3. Eu passei estes 2 últimos anos trabalhando em TI na Alemanha mas sempre estive monitorando o mercado de trabalho aqui em Sydney e posso dizer que o mercado com certeza segue aquecido, principalmente na área de desenvolvimento. Acabei de voltar para Sydney e não fiquei nenhum dia útil sequer desempregado.

      Bom, espero ter ajudado e se tiver mais alguma dúvida, é só postar aqui.

      Um abraço,
      Wagner.

      Excluir
    2. Wagner,

      Desculpe o atraso em lhe responder! Estou na correria por aqui neste final de ano...

      Muito obrigado pelos esclarecimentos, com certeza foram de grande importância visto que já estou atrás de algumas coisas relacionadas ao RPL.
      A partir de janeiro ficarei 100% focado nestas questões da imigração, e se tiver mais alguma dúvida posto aqui!

      Grande abraço e bons ventos por aí no kite!

      Excluir
  7. Olá Wagner,

    Tenho uma dúvida um pouco parecida com a de Guilherme. Sou graduado em Ciências da Computação e queria saber se a ACS pode considerar uma experiência como Trainee antes de formado como parte dos 2 anos de experiência relevante. Trainee full-time, remunerado e completamente relacionado com a área de desenvolvimento na Holanda. Queria utilizar esses meses como trainee para completar imediatamente os 5 anos necessários (2 da ACS e 3 do Overseas skilled employment in nominated skilled occupation).

    Encontrei esse trecho no Skills Assessment Guidelines for Applicants:
    "Other Types of Work Experience
    Volunteer work can be considered if there is a specific contract in place which should be submitted with
    a reference that states the duties and hours worked. Internships may be considered if the work is paid
    and at a suitable professional level. "

    Outra dúvida é relativa a escolha de experiências que a ACS deve avaliar. Queria saber se no processo de aplicar para a ACS eu vou indicar o período de 2 anos que eu quero que eles avaliem para o meu reconhecimento ou mando toda minha experiência e eles escolhem a experiência que eles querem utilizar?

    Eu tenho até mais experiências como desenvolvendo antes de me formar, mas preciso só desses 10 meses para não ter que esperar mais pra começar a dar entrada no processo.


    Não mais, seu blog é sensacional cara! Muita informação valiosa.

    Att,

    Lucas

    ResponderExcluir
  8. Prezado Wagner,

    Recentemente obtive o visto 189, e estou de mudança para a Austrália em janeiro. Vi em alguns posts e comentários vc mencionado empresas recrutadoras de TI. Você poderia me passar os nomes de alguns desses recrutadores?

    Ou acha melhor mandar as candidaturas diretamente para as vagas das empresas? Como ainda não conheço o mercado daí, fiquei com esta dúvida!

    Continue com o blog, está muito bom, e já recomendei a vários amigos!

    Abs,
    Vitor

    ResponderExcluir
  9. Prezados Senhores(as),

    Solicito; com toda educação, o envio de um e-mail específico ao qual eu possa entrar em contato alguns meses a frente.

    Obrigado pela atenção dispensada à esta mensagem.

    Fernando Tavares
    ww.tavarestraducoes.com.br

    Enviar e-mail para cadmet@bol.com.br

    ResponderExcluir
  10. Myliane de Freitas29 de janeiro de 2016 08:37

    Ola Wagner,
    A minha duvida é relacionada a filhos e escolaridade deles.
    Tenho um Filho (11 anos), e gostaria de ir estudar General English por 1 ano (melhorar meu inglês) e assim, tentar uma vaga no mercado de TI da qual sou formada. Gostaria de "carregar" meu filho comigo, mas minhas duvidas são relacionadas aos estudo dele, sendo elas:
    - Ele teria que fazer um General English também para conseguir estudar em uma escola local?;
    - Qual o valor aproximado de uma escola Publica - Privada na Australia?;
    - Ele poderia cursar a escola normal, sem fazer Inglês?

    Perguntas como estas eu gostaria de saber.

    Desde ja, muito obrigada.

    Myliane

    ResponderExcluir
  11. Olá Wagner, tudo bem ? a minha dúvida é bem simples. Qual a melhor cidade para o mercado de TI ai na Austrália?

    Tinha lido em um outro site uma comparação em que Sydney era tipo o Rio de Janeiro, mais pra passeio e tal, e que Melbourne era tipo São paulo, um centro financeiro, lugar mais focado em trabalho. Porem lendo um pouco mais a fundo, vi que diversos profissionais da área de TI são de Sydney, então fiquei um tanto confuso. Por isso a minha dúvida de onde o mercado de TI é mais forte ai na austrália.

    Um grande abraço e parabéns pelo blog. Muito bom !!1

    ResponderExcluir
  12. Eu há um tempo tenho desejo de trabalhar no exterior, sou solteiro e tenho 23 anos, e em setembro finalizado MBA de JAVA com SOA na FIAP - São Paulo, tenho experiência com desenvolvimento JAVA há 4 anos, e inglês intermediário (6 anos de cultura inglesa, e um ano de fisk, porém enferrujados). E eu gostaria da sua opinião, se é valido eu ir pra Austrália quando finalizar o MBA, pois eu precisaria juntar dinheiro e começar procurar locais de moradia, visto, agencias, e tudo mais que for necessário..

    ResponderExcluir
  13. Bom Dia,

    Here on our website you will find all relevant information regarding Latin American culture and events.

    It is free of charge - our aim is to promote Latin American Culture in Australia and help share cultures and values to create a better living

    This is a colaborative platform, where everyone can register their businesses or events within Australia for free.

    We would like to know if you would be happy to share it on your Page, it would be much appreciate !


    Obrigado

    www.latin-culture.com.au

    ResponderExcluir
  14. Ola Wagner, sou formado em Arquitetura e gostaria de ir para a australia com o skillselect, porem tenho desde 2010 minha propria empresa, sabe dizer se posso usar ela como prova de experiencia de trabalho (para acumular os pontos no programa)?
    atenciosamente
    caio

    ResponderExcluir
  15. Olá Wagner,

    Minha dúvida é, suponha que eu já tenha obtido a cidadania australiana e esteja trabalhando regularmente em uma profissão em demanda (SOL).

    Como os cidadãos que desejam fazer um bacharelado fazem para conseguir estudar em uma universidade no período noturno?

    Pretendo trabalhar na área de construção civil como civil engineering technician que está em demanda. Mas quero poder fazer um Bacharelado ou licenciatura. Só será possível estudar à noite.

    Existem cursos de bacharelado no período noturno nas universidades da austrália?

    Muito obrigado e autorizo a publicação da minha dúvida.

    Att.,
    Jack

    ResponderExcluir