Mais Lidos
Carregando...

Sydney x Berlin: custo de vida


Não é mais surpresa para ninguém ver Sydney tanto no top 10 das melhores cidades do mundo para viver como no top 10 das cidades com maior custo de vida.

Quando se chega em Sydney pela primeira vez, o custo de praticamente tudo assusta -- principalmente o aluguel -- mas aos poucos se descobre que trabalhando full time os salários na Austrália são quase sempre compatíveis com o que se gasta. Em muitos casos -- como TI e outras áreas que pagam bem na Austrália -- ainda se pode ter um estilo de vida bacana e até mesmo economizar uma boa grana por mês.

Já em Berlin, a surpresa ao chegar é oposta: apesar da força do Euro em relação ao dólar australiano, o custo de coisas básicas como aluguel, transporte e compras no mercado é visivelmente menor.

Quando ainda estava decidindo se trocaria Sydney por Berlin ou não, acabei descobrindo este site que compara o custo de vida de itens básicos entre duas cidade e ajuda a dar uma noção de quanto a mais ou a menos vamos gastar.

Custo de vida Sydney x Berlin. Fonte: Numbeo.
Clique aqui para ver a comparação completa de custo de vida entre Sydney e Berlin.

Aluguel

O exemplo clássico que eu cito quando me perguntam sobre custo de vida em Berlin é o aluguel. Quem mora em Sydney sabe que para alugar um apartamento simples, de 1 quarto, ou mesmo um studio (ou JK como falamos no Brasil) com boa localização, seja perto da city ou das praias, vai gastar pelo menos uns A$ 450 por semana, o que daria pouco mais de A$ 1800 por mês.

Em Berlin, um apartamento de 1 quarto se acha facilmente mais ou menos 600 Euros por MÊS. Sim, por MÊS, e às vezes até mesmo mobiliado por esse preço e em qualquer um dos bairros mais cobiçados por estrangeiros, como Prenzlauer Berg, Mitte ou Kreuzberg.

Tenho amigos que moram a mais tempo em Berlin que pagam em torno de 1000 Euros por mês por um apartamento de 3 quartos, recentemente reformado e também em ótima localização, perto da Alexanderplatz.

Transporte

Sydney perde feio para Berlin no quesito transporte público. 

Além da frequência, pontualidade e abrangência, em Berlin o preço do transporte público metropolitano e regional é muito mais acessível do que em Sydney. Exemplo: um ticket de trem (apenas ida) para o aeroporto de Sydney custa A$ 14, enquanto aqui em Berlin, custa 2,70 Euros. 

Em termos de qualidade, pessoalmente não acho o transporte público de Sydney ruim, porém a minha experiência com o transporte em Sydney é de quem sempre morou ou perto da city (fácil acesso de trem) e na praia de Coogee (ônibus 370, 372, 373 e 374 frequentes e que funcionam a noite toda).

Algo que há muito tempo se fala em implantar em Sydney já é realidade aqui em Berlin há anos: aqueles painéis nas paradas mostrando o a linha e o tempo para o próximo ônibus chegar.




Não são todas as paradas de ônibus em Berlin, mas um considerável numero delas conta com esses painéis, principalmente nas partes da cidade com maior movimento de turistas e comércio.

Em um próximo post eu trago mais detalhes sobre o sistema de transporte de Berlin e da Alemanha.

Um abraço!



2 comentários. Clique para comentar.

  1. Ola Wagner, obrigado por mais este post, suas dicas são muito importante para quem deseja viver no exterior. A Austrália esta em meus planos de vida, porém sair do Brasil não é tão simples assim, ainda mais para mim que tenho família, como o visto que busco é o migratório o processo é lento, no momento estou estudando para a IETS, porém esta semana recebi uma proposta para a Polônia que esta fazendo eu repensar os planos para a Austrália e lendo seu post falando sobre a Alemanha me encorajou mais, saberia me dizer você que vive ao lado se Polônia x Alemanha segue o mesmo estilo de vida? abraços e sucesso sempre :)

    ResponderExcluir
  2. Olá Dilnei,

    Realmente, com família o processo toma mais tempo em função da documentação e do IELTS que também precisa ser feito pela esposa. Se tu estás realmente determinado a sair do Brasil e está considerando seriamente a proposta da Polônia, tu tens que levar em consideração que, caso o teu PR da Austrália saia digamos em 1 ou 2 anos, tu e tua família terão que passar novamente por todo o processo de mudança e adaptação.

    Claro que uma coisa não impede a outra, tu podes seguir com o processo do PR para a Austrália enquanto passa um tempo em algum outro país, porém países como a Polônia, onde o inglês não é muito difundido, a adaptação pode ser mais complicada, isso sem falar em outros fatores como clima (o inverno é bem pesado lá, muitas vezes pior que aqui na Alemanha) e que a economia do país não está lá essas coisas.

    Visitei a Polônia algumas vezes a trabalho e a passeio e tive a clara impressão que o estilo e qualidade de vida é inferior ao que se tem na Alemanha, justamente por motivos econômicos.

    Se tu realmente estás disposto a encarar uma mudança para a Europa ao invés de esperar o visto da Austrália no Brasil, as duas principais cidades que eu te recomendaria pesquisar seriam Amsterdam e Berlin, justamente porque as duas tem uma cena de startups muito forte e são bem abertas e receptivas a profissionais estrangeiros, sem falar que dá pra se virar bem só com inglês, sem falar a língua local no trabalho e nas ruas.

    Um abraço e sucesso!

    ResponderExcluir