Mais Lidos
Carregando...

1 ano de Alemanha


Exatamente 1 ano atrás, dia 12 de setembro de 2013, eu começava a colocar outro sonho em prática: viver e trabalhar na Europa, mas dessa vez, diferente da Austrália, a idéia é ficar por aqui no máximo 2 anos, pois sinceramente, ainda acho que não haja lugar melhor no mundo pra viver do que a minha linda Sydney.

Digo “outro” sonho porque a primeira grande mudança que fiz na minha vida foi justamente ao mudar para a Austrália em 2008 e, mesmo tendo o visto permanente em mãos e inglês fluente naquela época, eu não tinha certeza de que tudo ia dar (tão) certo.

Outra diferença importante foi o fato de já ter um contrato de trabalho assinado antes de chegar aqui (como contei nesse post), bem diferente daquelas primeiras semanas tensas a procura de emprego em Sydney em 2008.

Na época em que surgiu a idéia de buscar informações sobre programas de imigração qualificada de outros países (lá em 2007), a Austrália era apenas uma das opções. Canadá e Inglaterra também pareciam atraentes, especialmente o Canadá, por ter na época os requisitos mais fáceis de atender para poder pedir um visto permanente de trabalho.

Ou seja, mesmo lá atrás quando comecei a levar a idéia de morar fora do Brasil mais a sério, o velho continente também sempre pareceu uma opção interessante... e mesmo após decidir pela Austrália, o plano de um dia viver e trabalhar em TI por aqui nunca foi esquecido... 

E hoje cá estou! Um ano vivendo e trabalhando em Berlin! Parece que foi ontem que eu vivi toda aquela expectativa das entrevistas por Skype, o aguardo do feedback das empresas daqui (fiz entrevistas com empresas de Berlin, Munich e Londres), e aquele friozinho na barriga ao receber uma ligação no celular de um número começando com +49...

E tendo sentido isso pela segunda vez, uma coisa eu posso dizer com certeza: esse friozinho na barriga é uma das melhores sensações que se pode ter! Bom, essa e a euforia de receber o sim da empresa e uma oferta de emprego!

E se você ainda sonha com uma carreira no exterior e a possibilidade de ter ótima qualidade de vida em outro lugar do mundo mas vive esbarrando em desculpas esfarrapadas criadas por você mesmo, pare o que está fazendo agora mesmo e vá em busca do seu friozinho na barriga.