Perguntas & Respostas: Mercado de TI - Por onde começar?


A mensagem abaixo veio do Caio através do Facebook. O recado aqui é o seguinte: se tu estás planejando imigrar e trabalhar na sua área na Austrália, seja ela qual for, o inglês definitivamente DEVE SER o seu objetivo principal.

Portanto, leve a sério a escolha da escola e curso de inglês e dedique-se. Não faça como a maioria dos brasileiros que apenas ficam torrando dinheiro pulando de um curso para outro sem nunca aparecer na aula, pois a Imigração está cada vez mais pegando estudantes nessa situação e negando renovações de visto.

Além disso, com as mudanças de regras feitas recentemente pela Imigração, vários tipos de vistos foram afetados, principalmente os famosos 457 (sponsorships). Os requisitos para o visto de estudante agora ficaram mais apertados, principalmente para quem tenta renovar o visto usando a velha falcatrua de pagar a escola mais barata possível e nunca aparecer nas aulas. Nos últimos 2 meses, vi 4 casos de estudantes que tiveram seu pedido de renovação de visto negados pela imigração por estarem a mais de 2 anos nesse esquema de pula-pula entre cursos baratos/vagabundos.

Moral da história: identifique seus objetivos (por exemplo, melhorar o inglês, buscar um trabalho part-time na minha área, etc) e dedique-se para atingí-los na ordem certa. Não ponha a carroça na frente dos bois.
Olá Wagner, tudo bem?

Meu nome é Caio, tenho 21 anos e vim pra sydney estudar inglês por 5 meses.

Eu sou desenvolvedor Java à 2 anos e meio formado em análise e desenvolvimento de sistemas.

Eu estou atrás de um trabalho e, como sei que o mercado de TI aqui tem muitas oportunidades, gostaria de tentar algo já na minha área de atuação e experiência até porque futuramente tenho a intenção de aplicar residência aqui na austrália.

Estava lendo um artigo seu sobre o mercado de TI na austrália e pensei que talvez você pudesse me dar umas dicas de por onde começar.

Agradeço desde já.
Abraços

Fala Caio, tudo bem?

Legal cara, IT aqui na Austrália realmente é um mercado que segue aquecido a anos. Sobre os empregos, depende muito do tipo de visto que tu tens. Como estudante, tu só podes trabalhar 20 horas por semana, o que reduz bastante o número de empresas que podem te contratar.

Tenho amigos que conseguiram empregos em empresas pequenas como programadores Java ou PHP e meses depois conseguiram o sponsorship, mas a quantidade de empresas que faz isso hoje em dia é meio limitada.

Como residente, fica mais simples, basta tu procurares nos principais sites de emprego (seek, my career, etc) e sair aplicando e mandando currículos.

Uma dica importante é o foco no inglês: se teu inglês ainda não te deixa confortável o suficiente para uma entrevista de trabalho, recomendo tu focares na melhoria do idioma e depois sair atrás de emprego, para não queimar cartucho indo nas empresas mas sem conseguir "vender teu peixe".

Um abraço

Wagner

Comentários

  1. fala ae Wagner, td bom?

    Aproveitando o assunto queria postar o meu relato, o que estou vivendo hoje.

    Eu estou em Sydney pouco mais tres meses. Vim pra ca como estudante, eu e minha mulher, com o plano de tentar conseguir algum na minha area e viver aqui por pelo menos um bom tempo. Dado o nosso plano, pegamos um visto de estudante para aprimorar o ingles e aplicar para o PR Visa. Em paralelo a isso, tenho corrido atras de uma oportunidade ja que se eu conseguisse um job na area muita coisa muda pra melhor ou ate mesmo resolve tudo, isso no caso de um sponsorship.

    Meu ingles nao e mto bom mas estou focado em aprimora-lo, ate mesmo pq preciso fazer o IELTS para o PR. Mas eu sou .NET Developer com mais de 5 anos de experiencia e pensei que isso poderia pesar aqui. E tem "dado certo" pq as oportunidades estao aparecendo, tenho recebido inumeras ligacoes MAS... quando eu digo que estou no visto de estudante e que legalmente so posso trabalhar 20 per semana, a casa cai! Isso e extramente frustante... ser procurado quase que toda a semana e sempre o mesmo infeliz resultado.

    Bom esse e o meu relato, meu desabafo e ao mesmo tempo um pedido de ajuda, Wagner.

    Voce tem alguma dica pra me dar? o que eu poderia fazer diferente? sera que esta tao dificil assim pegar o 457 agora?

    A coisa esta de uma jeito que quando renovar agora o meu visto em Maio, penso em mudar, talvez Perth ou Brisbane possa ser o sponsor seja ao menos um pouco mais facil, ou melhor, um pouco menos dificil. O que vc acha, cara?

    Poderia me dar uma luz quanto a essa ideia de mudar de cidade tambem? tem algum nocao de como esta o mercado nesses lugares? e se o sponsor pode realmente ser mais provavel de acontecer por la?


    Antes de qualquer coisa.... brigado pelo seu grande trabalho voluntario que nos permite trocar experiencias e enteder um pouco mais como eh a vida por aqui, meu caro! Obrigado por esse blog!

    Grande abs!

    ResponderExcluir
  2. Olá Wagner, bom dia, tudo bem?Estou escrevendo novamente, meu primeiro post deu um erro aqui. Então Wagner, Prazer meu nome é Alexandre, tenho 26 anos, casado, formado em Direito a dois anos, mas nunca exerci a função. Minha esposa é formada em nutrição a dois anos também e trabalha em um supermercado como nutricionista, toma conta da Padaria, açougue, trabalha das 07:30 ás 13:00 e ganha 1500,00. a 4 anos sou comerciante e trabalho com uma loja multimarcas que vende Lacoste e Levis. Porém de um ano para cá passei a ter grandes problemas financeiros. Cheguei a ter vendas brutas mensais em torno de 160.000,00, hoje infelizmente devido a situação estou acumulando prejuízos de mais de 400 mil. Tenho Inglês básico e voltei a fazer aula particular, espanhol e frances básicos e voltei também ao curso particular de Espanhol. Minha intenção seria mudar para a Australia, não para fugir das dívidas mas para arranjar um meio com o qual possa pagá-las. Gostaria muito se possível que você pudesse me dar uma dica a repeito, pois tem experiência e vivência no exterior. Pensei em ir como estudante e arriscar por lá, Obrigado pela atenção, um abraço

    ResponderExcluir
  3. Martins,

    Vou dar minha opinião sem entender muito bem tua situação: não acho que sair do Brasil e ir para outro país como estudante vá melhorar em nada a tua situação. Pelo contrário, acho que vai piorar, pois estando no Brasil, pelo menos tu podes trabalhar full-time, iniciar outro negócio e começar a te reerguer. Estando em um país onde tu não dominas o idioma e com um visto que te restringe a 20 horas por semana de trabalho não é solução para nada.

    Um abraço e boa sorte.

    Wagner.

    ResponderExcluir
  4. Wagner,

    Primeiramente agradeço pelo conteúdo do seu blog pois suas dicas realmente ajuda pessoas interessadas a esclarecer algumas duvidas e orientar que caminho seguir. Trabalho na area de tecnologia a mais de 12 anos e já tenho inglês e espanhol fluentes e agora estou pensando em tentar uma vaga fora do Brasil.

    Estou tentando te add no linkedin para conversamos melhor mas, basicamente, gostaria de saber por onde eu começo o processo para tentar uma vaga na Australia.

    Fico no aguardo

    Um abraço
    Carlos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Salários de TI na Austrália

Perguntas e Respostas: na busca do Sponsorship (parte 1)

Sydney x Berlin: custo de vida