Mais Lidos
Carregando...

Perguntas & Respostas: Mercado de TI - Por onde começar?


A mensagem abaixo veio do Caio através do Facebook. O recado aqui é o seguinte: se tu estás planejando imigrar e trabalhar na sua área na Austrália, seja ela qual for, o inglês definitivamente DEVE SER o seu objetivo principal.

Portanto, leve a sério a escolha da escola e curso de inglês e dedique-se. Não faça como a maioria dos brasileiros que apenas ficam torrando dinheiro pulando de um curso para outro sem nunca aparecer na aula, pois a Imigração está cada vez mais pegando estudantes nessa situação e negando renovações de visto.

Além disso, com as mudanças de regras feitas recentemente pela Imigração, vários tipos de vistos foram afetados, principalmente os famosos 457 (sponsorships). Os requisitos para o visto de estudante agora ficaram mais apertados, principalmente para quem tenta renovar o visto usando a velha falcatrua de pagar a escola mais barata possível e nunca aparecer nas aulas. Nos últimos 2 meses, vi 4 casos de estudantes que tiveram seu pedido de renovação de visto negados pela imigração por estarem a mais de 2 anos nesse esquema de pula-pula entre cursos baratos/vagabundos.

Moral da história: identifique seus objetivos (por exemplo, melhorar o inglês, buscar um trabalho part-time na minha área, etc) e dedique-se para atingí-los na ordem certa. Não ponha a carroça na frente dos bois.
Olá Wagner, tudo bem?

Meu nome é Caio, tenho 21 anos e vim pra sydney estudar inglês por 5 meses.

Eu sou desenvolvedor Java à 2 anos e meio formado em análise e desenvolvimento de sistemas.

Eu estou atrás de um trabalho e, como sei que o mercado de TI aqui tem muitas oportunidades, gostaria de tentar algo já na minha área de atuação e experiência até porque futuramente tenho a intenção de aplicar residência aqui na austrália.

Estava lendo um artigo seu sobre o mercado de TI na austrália e pensei que talvez você pudesse me dar umas dicas de por onde começar.

Agradeço desde já.
Abraços

Fala Caio, tudo bem?

Legal cara, IT aqui na Austrália realmente é um mercado que segue aquecido a anos. Sobre os empregos, depende muito do tipo de visto que tu tens. Como estudante, tu só podes trabalhar 20 horas por semana, o que reduz bastante o número de empresas que podem te contratar.

Tenho amigos que conseguiram empregos em empresas pequenas como programadores Java ou PHP e meses depois conseguiram o sponsorship, mas a quantidade de empresas que faz isso hoje em dia é meio limitada.

Como residente, fica mais simples, basta tu procurares nos principais sites de emprego (seek, my career, etc) e sair aplicando e mandando currículos.

Uma dica importante é o foco no inglês: se teu inglês ainda não te deixa confortável o suficiente para uma entrevista de trabalho, recomendo tu focares na melhoria do idioma e depois sair atrás de emprego, para não queimar cartucho indo nas empresas mas sem conseguir "vender teu peixe".

Um abraço

Wagner