Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Perguntas & Respostas: Visto de Estudante ou PR?

Imagem
A questão não é nova mas ainda causa muito debate e foi levantada via LinkedIn pelo Rafael:

Estou pensando em ir para Sydney como estudante de inglês e no período em que estiver aí conseguir algum trabalho em TI (mais precisamente Java Web) em meio período (já que é isso o que visto de estudante permite). Queria saber se alguém já passou por essa situação e se foi difícil conseguir alguma coisa. É difícil conciliar as horas de estudo com trabalho? Há preconceito? Existe muita burocracia?

Rafael A.
Esta questão não é nova em nenhum dos grupos de discussão que participo e com freqüência ela volta a pipocar por aí. Vou tentar esclarecer alguns dos pontos da questão acima.

Primeiramente, a obtenção do PR (Permanent Residency), que às vezes é chamado incorretamente de "visto de trabalho", quando o correto é "visto de residência permanente", permite viver e trabalhar na Austrália por tempo indeterminado e não é um processo fácil e nem rápido. Com este visto, não há nenhuma r…

Carreira no exterior: objetivo concreto ou sonho distante – Parte III

Imagem
Alguns meses atrás, iniciei uma série de artigos sobre carreira no exterior no site MinhaCarreira.com e há algumas semanas atrás publiquei a terceira e última parte do meu texto sobre o tema.

Neste último artigo, falo sobre os principais desafios e compartilha algumas das minhas experiências dos últimos 3 anos e meio trabalhando e vivendo na Austrália, bem como as de outros profissionais que também vieram para este lado do mundo e conseguiram crescer em suas carreiras.

O título da série de artigos é "Carreira no exterior: objetivo concreto ou sonho distante" e abaixo estão os links para as três partes do texto:
Parte I: Nossas motivações para uma carreira no exteriorParte II: Caminhos para entrar pela porta da frenteParte III: Desafios de um novo mundo Publico abaixo o terceiro texto na íntegra e espero que tenham gostado da série. Fiquem a vontade para continuar enviando suas perguntas e mensagens nos comentário, e-mail, facebook ou twitter.

Carreira no exterior: objetivo…

Perguntas & Respostas: Áreas da TI

Imagem
A questão abaixo foi levantada em um dos grupos de discussão sobre carreiras na Austrália no LinkedIn pelo Carlos e é sobre as diferentes áreas dentro de TI e seus respectivos mercados na Austrália:


Estou vendo muita gente perguntando de sponsor e empregos aqui na Austrália. Porem, TI é muito vago e engloba muitas tecnologias para você afirmar algo do tipo "Se você é de TI e tem um inglês bom, venha para Austrália que eles precisam de você!".

O que vejo no grupo são muitos profissionais de Java falando que o mercado está quente. Mas e as outras tecnologias? .Net, DBAs SQL ou Oracle, BI?
O que os outros profissionais tem a dizer sobre suas tecnologias? O que tenho visto na minha area, basicamente .Net, a demanda é muito grande, porem a concorrência tambem é. Tem muitos indianos e asiaticos concorrendo com você a muitos vezes com o PR na mão. Carlos G Jr Este ponto foi muito bem levantado pelo Carlos. Realmente há uma certa "generalização" quando se fala em mercado de IT …

Sobre o brasileiro morto em Sydney

Imagem
Muitos de vocês já devem saber do caso do brasileiro de 21 anos que morreu aqui em Sydney, vítima do despreparo de alguns oficiais da NSW Police que não só confundiram o paulista com outra pessoa (que teria roubado um pacote de bolachas de uma loja de conveniências), mas também o matou através do uso abusivo, excessivo e inapropriado de tasers (arma de choque).

Caso você não tenha ouvido falar do caso, este link tem todas as notícias publicadas sobre o caso no site da Globo.

Update: semana passada o Profissão Repórter fez uma matéria muito boa sobre o caso. Veja o programa na íntegra aqui.

Independente de fazermos julgamentos pessoais ou não, ou do próprio fato do guri ter ou não roubado um biscoitos, ou mesmo de estar drogado ou bebado como algumas pessoas especulam, NADA, absolutamente NADA justifica a perda da vida de uma pessoa de 21 anos. NADA.

Como vi no Facebook, absurdos como “estou com a polícia”, “quem mandou correr?”, "devia estar fazendo coisa errada mesmo", etc,…