Custos do visto de Residente Permanente


Nos fruns na internet e em conversas por aí, o pessoal geralmente se refere ao visto de residência permanente simplesmente como PR, que vem de Permenant Resident, mas o nome oficial do visto, de acordo com o site da Imigração australiana é Skilled worker - subclass 136 - independent e é para este visto que apliquei -- e ainda sigo na espera.

Um dos itens da minha to-do list era compartilhar aqui os custos que tive com o processo do visto, incluindo a preparação dos documentos até a aplicação e exames médicos. Então como prometido, aí vai a lista de despesas -- ou seriam investimentos? :) -- que tive até agora:

DespesaEm Reais
Curso preparatório + prova IELTS

R$ 400,00
Traduções juramentadas (pacote)

R$ 140,00
Envio de documentos para ACS (via DHL)

R$ 140,00
Taxa da ACS p/ Skills Assessment
R$ 595,00
(A$ 350,00)
Envio docs p/ DIAC (via Sedex Mundi)

R$ 80,00
Taxa do Depto de Imigração para solicitação do visto
R$ 3.391,00
(A$ 1.995,00)
Consulta médica com médico credenciado

R$ 250,00
Exames médicos de sangue e urina

R$ 152,00
Raios-x

R$ 60,00
TOTAL
(em Reais)
R$ 5.208,00

Sobre o nome do visto, até onde entendi, a palavra Independent serve apenas para diferenciar de outros vistos que também dão residência, como o Sponsored por exemplo.

Aliás, é bom informar que o subclass 136 nem existe mais. Após 1 de setembro de 2007, as regras e as classificações dos vistos mudaram. O novo tipo de visto de residência permanente de forma independent (ou seja, sem patrocínio) equivalente ao antigo 136 agora é o Subclass 175.

E um lembrete importante em relação aos custos que compartilhei acima: estou fazendo o processo todo por conta própria, sem nenhum Agente de Imigração.

Agentes de Imigração cobram de $ 2.000,00 a $ 6.000,000 dólares americanos pelo serviço e, apesar de ter conhecimento detalhado sobre o processo de imigração qualificada, nenhum deles dá garantia alguma de que o pedido de visto será aprovado.

Pretendo dedicar um post a esse assunto em breve.

Mas se você considera a possibilidade de usar um Agente de Imigração e já quiser ir dando uma pesquisada, os agentes mais citados pelo pessoal com quem converso sobre o assunto são a SCA, Visacorp e o MigrationExpert, mas não posso emitir opinião pessoal sobre nenhum deles pois, como falei acima, não estou usando nenhum agente de imigração.

Os dois principais motivos pelo qual optei em fazer todo o processo sozinho são simples e óbvios:

1. As informações necessárias para entender e saber se atendo os requisitos necessários para o Skilled Migration estão na internet e são grátis. Basta dedicação na pesquisa e tempo para ler e entender tudo.

2. Eu não acho que o serviço oferecido por nenhuma dessas agências valha a quantidade de dinheiro cobrada. Até porque, no fim das contas, mesmo usando um agente de imigração, quem vai ter o maior trabalho ainda é você, pois é você que tem que juntar toda a documentação, é você que tem que estudar e tirar uma nota boa no IELTS e é você que precisa achar e pagar (separadamente) um tradutor juramentado.

Os custos de traduções juramentadas, prova do IELTS e exames médicos NÃO estão incluídos no valor cobrado pelos Agentes de Imigração, por isso pense bem e coloque tudo na ponta do lápis antes de decidir contratar um Agente.

Ou seja, no fim das contas, o trabalho do Agente acaba sendo apenas o aconselhamento sobre quais tipos de vistos podem ser mais adequados para você, o envio dessa documentação para a Imigração e principalmente manter você calmo quando você passar meses e meses sem nenhuma notícia sobre o seu processo.

Bom, vou deixar o resto para outro post expecífico sobre esse assunto.

Um abraço e até o próximo post!

Comentários

  1. Olá Wagner, primeiramente parabéns pelo ótimo blog, de muito bom gosto e de informações precisas. A tempos estou me preparando para aplicar para o Skilled Independent visa (Subclass 189) uma vez que sou engenheiro elétrico (profissão em demanda), tenho uma boa experiência em Gerenciamento de Projetos em TI e Telecom e tenho certificação PMP. realmente andei vendo os preços dos agentes para intermediar meu processo e estão na faixa de 10k Dólares Australianos (mais precisamente a Target Migration que é de um brasileiro). A pergunta é: O quão concorrido está esse tipo visto hoje em dia e se com somente os 60 pontos hoje já está sendo o suficiente para se tornar elegível para a aplicação. Grande abraço e acabou de ganhar mais um seguidor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Salários de TI na Austrália

Perguntas e Respostas: na busca do Sponsorship (parte 1)

Sydney x Berlin: custo de vida